André Macedo fica em primeiro lugar na votação de reitor da UFPI

O pró-reitor de Planejamento foi o terceiro mais votado pela comunidade universitária, mas venceu porque teve mais votos de professores.
O professor André Macedo fica em primeiro na votação para reitor (Foto: Reprodução)

A chapa encabeçada pelo professor André Macedo ficou em primeiro lugar na votação para reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), com 45,64 dos votos na média ponderada – aquela feita com base no peso de cada categoria da comunidade universitária neste processo.

Na eleição realizada na quarta-feira (12), a professora Nadir Nogueira, atual vice-reitora, obteve a segunda colocação, com 27,23% na média ponderada. Em terceiro, está o professor Gildásio Guedes, com 21,14% do eleitorado na média ponderada.

A consulta pública aconteceu nos campi da Teresina, Picos, Floriano e Bom Jesus.

A votação de cada candidato

De acordo com a totalização dos votos, Gildásio e o seu companheiro de chapa, Viriato Campelo, obtiveram a maior votação: 4.987 (219 professores, 269 servidores técnicos e 4.499 alunos).

Nadir Nogueira e o seu candidato a vice, Marcos Lira, foram votados por 387 docentes, 220 funcionários e 3.561 universitários. Total: 4.168 votos.

Em terceiro na votação geral ficou o atual pró-reitor de Planejamento, André Macedo, com 3.864 simpatizantes assim distribuídos: 747 votos de professores, 330 de servidores e 2.787 de estudantes.

Outras duas chapas concorreram: Sandra Ramos/Bruno Diniz, quarto lugar com 3,69% e Marcos Sabry/Antônio Aírton Carneiro, com 2,02%, na quinta colocação.

Os professores têm o maior peso na votação para reitor, seguido do pessoal técnico. Por fim, vêm os alunos. Por isso, com maior aceitação entre os docentes, André Macedo ficou em primeiro na corrida para o cargo.

Lista tríplice

A consulta pública dá ao Conselho Universitário (Consun) uma indicação de quem a comunidade gostaria de ver na reitoria da instituição, mas não tem um caráter definitivo. Cabe ao Consun votar e escolher a lista tríplice que será enviada ao Ministério da Educação (MEC) até o dia 18 de novembro.

Com base na votação popular, André Macedo, Nadir Nogueira e Gildásio Guedes são os nomes que devem compor ao documento. A escolha do sucessor do reitor Arimateia Dantas Lopes será feita pelo presidente Jair Bolsonaro.

 

Deixe uma resposta