Após 4 meses, shoppings de Teresina voltam a funcionar

As regras são para evitar o contágio de novo coronavírus entre os frequentadores do espaço.
Shoppings voltam a funcionar com normas rígidas de higiene (Foto: Divulgação)

Os shoppings de Teresina reabrem hoje (4) após mais de quatro meses fechados, por conta da pandemia do novo coronavírus. Os estabelecimentos vão funcionar em jornada reduzida – de terça a sexta-feira, das 14h às 20h – e com uma série de restrições, conforme decreto da prefeitura do município.

No primeiro momento, as praças de alimentação, academias de ginástica, salões de beleza, serviços de estética, recreação e cinema não abrirão. Os bares e restaurantes serão liberados somente no dia 17 de agosto.

Técnicos da Vigilância Sanitária já visitaram os shoppings para orientar os lojistas a respeito das normas de segurança e higiene, como o distanciamento de dois metros entre as pessoas, a fim de evitar o contágio pelo novo coronavírus.

Outras regras são o uso de barreiras de proteção ou face shield por funcionários de balcões e atendimento direto ao público, disponibilização de álcool 70% para funcionários e clientes.

A gerente do órgão, Jeanyne Seba, recomenda evitar o contato excessivo com os produtos. Provas de maquiagem e de roupas, por exemplo, estão proibidas. “O consumidor pode optar por marcas já conhecidas, que já saiba o número. Assim não precisa experimentar a roupa na loja”.

Normas de segurança

O Teresina Shopping, localizado na zona Leste da capital, investiu em tecnologia para garantir mais segurança aos seus frequentadores. O acesso ao cartão de estacionamento será diferente.

“Nas cancelas de entrada foram instalados sensores de proximidade para liberação do cartão de estacionamento, eliminado a necessidade de toque”, disse a gerente de operações Icelmária Cerqueira.

Nas cancelas e também nas portas de entrada do shopping, existe a sinalização sobre o uso obrigatório de máscaras e os principais cuidados para prevenção da Covid-19, além de pias com água e sabão para higienização das mãos.

“Na entrada também há um medidor automático de temperatura. A inovação afere a temperatura corporal e verifica se o cliente está de máscara. Caso não esteja de acordo com o recomendado, a máquina indica que o acesso ao shopping não está liberado”, disse Icelmária.

“Todos os estabelecimentos receberam sinalização na vitrine sobre a quantidade máxima de clientes que devem permanecer dentro da loja, isso foi feito de acordo com a metragem do espaço”, disse a gerente.

Shopping da Cidade

O Shopping da Cidade, localizado no Centro de Teresina, abrirá esta semana, mas apenas para os lojistas. Até quinta-feira (6), das 9h às 15h, eles poderão ir ao local para organizar seus boxes e tirar dúvidas sobre o funcionamento durante a pandemia e como atender aos clientes de forma segura.

Na segunda-feira (10), o espaço abre ao público e vai funcionar das 9h às 15h. “Já preparamos as sinalizações e instalações de alguns equipamentos no local”, informa Carmem Neudélia, presidente do Instituto de Negócios do Piauí (INPI), responsável pelo gerenciamento do espaço.

“O shopping retomará suas atividades durante quatro dias na semana. Nas segundas e quartas abrem apenas os boxes com porta voltada para a Praça da Bandeira, terças e quintas os boxes com porta voltada para a Avenida Maranhão. Na semana seguinte inverte e a alternância deve permanecer por quatro semanas”, disse.

Dentro do local, a capacidade máxima permitida de pessoas nas áreas comuns será implementada gradualmente, iniciando na primeira semana com um máximo de mil pessoas e na semana seguinte com 1.600.

A contagem será feita por agentes de fiscalização devidamente identificados, o que possibilitará o controle de entradas e saídas, garantindo a melhor distribuição das pessoas nos três pisos.

Retomada dos negócios

Desde março, quando foi decretado o isolamento social, apenas os serviços essenciais continuaram funcionando, como supermercados, farmácias, padarias, agências bancárias e casas lotéricas, entre outros. A medida foi tomada para combater a disseminação do novo coronavírus.

A retomada dos negócios teve início em julho. As atividades que não promovem aglomerações de pessoas foram as primeiras a serem liberadas pelo Governo do Estado e Prefeitura de Teresina, mas mediante um protocolo para garantir a segurança dos clientes e empregados.

O Piauí registra até agora mais de 54 mil casos de Covid-19, doença provocada pelo vírus. São 1.401 mortes, segundo a Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi).

 

Deixe uma resposta