Sistema de Cadastro Cultural do Piauí será lançado nesta quinta-feira

Leia mais: cai cobertura vacinal em Teresina devido à Covid. Vacinação contra a paralisia infantil atinge só 26% da meta.

O Sistema de Cadastro Cultural do Piauí (Sicac) será lançado nesta quinta-feira (23). O projeto vai cadastrar todos os trabalhadores da cultura do estado.

O sistema vai contemplar artistas, produtores, técnicos, curadores, oficineiros e professores de escolas de arte, bem como espaços, grupos e instituições culturais. O cadastro cultural deve ser feito no site da Secult.

“O cadastro possibilitará a criação de indicadores sobre a produção cultural no estado, contribuindo no planejamento, monitoramento e avaliação das políticas públicas”, disse o secretário estadual da Cultura, Carlos Anchieta.

Com o banco de dados do Sicac, será possível também aos artistas cadastrados receberem o auxílio de R$ 600 mensais previstos na Lei Aldir Blanc.

 

Teresina tem baixa cobertura vacinal

A pandemia de Covid-19 está provocando um efeito colateral que pode trazer grandes problemas para a saúde pública no futuro: a baixa cobertura da vacinação de rotina, que são as doses do Calendário Nacional de Imunização.

De acordo com dados da Fundação Municipal de Saúde (FMS), a queda em Teresina é de 30% neste primeiro semestre em relação ao mesmo período do ano passado.

Especialistas alertam que em curto, médio e longo prazo, as consequências dessa perda para as crianças podem ser tão graves quanto aquelas causadas pelo novo coronavírus.

Segundo a FMS, a cobertura da vacina BCG em 2019 atingiu cobertura de 116,68%, até o mês de junho deste ano chegou aos 60,26%.

Já a vacina tríplice viral, contra o sarampo e outras doenças, está com cobertura de 31,61% (primeira dose) e 16,73% (segunda dose), contra 80,47% e 66,35% do ano anterior, respectivamente.

No caso da primeira dose da vacina contra a paralisia infantil, a cobertura foi de 74,87% em 2019. Agora em 2020, está com 26,87%.

 

Deixe uma resposta