Campus da UFPI em Teresina tem 171 espécies de plantas, diz estudo

A pesquisa foi realizada por alunos do programa de mestrado da instituição.

A arborização do campus da Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Teresina, é composta por 171 espécies de 121 gêneros e 58 famílias botânicas, de acordo com uma pesquisa feita por alunos do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente (Prodema/UFPI), em parceria com professores da instituição e da Universidade Estadual do Piauí (Uespi).

Os autores da pesquisa são Joana Darc Costa Pereira, egressa do curso de Ciências Biológicas da Uespi e atualmente mestranda (TROPEN/UFPI); Lorran André Moraes, egresso do curso de Ciências Biológicas da UFPI/Uespi e Karen Veloso Ribeiro, egressa do curso de Ciências Biológicas da UFPI, ambos doutorandos na rede Prodema/UFPI, além dos professores Gardene Maria de Sousa do Departamento de Biologia ( CCN/UFPI) e Francisco Soares Santos Filho do curso de Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) e orientador no Prodema/UFPI.

A pesquisa resultou no artigo intitulado “Arborização, Paisagismo e Ornamentação: Composição Vegetal no Campus Ministro Petrônio Portela da Universidade Federal do Piauí, Teresina, Piauí, Brasil”, que foi publicado na revista Equador (Revista da Pós-graduação em Geografia, do Centro de Ciências Humanas e Letras da UFPI).

A pesquisa revelou que a UFPI é a terceira universidade mais rica em número de espécies, em relação aos trabalhos científricois publicados em outras Instituições de Ensino Superior (IES) do país.

Leia o artigo científico completo em: https://revistas.ufpi.br/index.php/equador/article/view/10381

Com informações da UFPI

 

Deixe uma resposta