Ônibus de Teresina voltam a circular nesta quarta com frota reduzida

Os motoristas e cobradores cumprem ordem da Justiça do Trabalho, após uma greve que já dura mais de 50 dias.

Os ônibus do sistema de transporte público de Teresina voltaram a circular nesta quarta-feira (8), após determinação da Justiça do Trabalho. O serviço terá frota reduzida. Os ônibus sairão dos bairros com destino ao Centro e serão aceitos os cartões eletrônicos.

De acordo com a determinação da desembargadora Liana Chaib, 70% dos veículos vão rodar das 6h às 9h e das 17h às 19h. Nos demais horários, as empresas colocar nas ruas 30% da sua capacidade.

A desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho determinou o retorno do transporte público sob pena de multa diária de R$ 50 mil por dia para o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários (Sintetro).

A decisão da desembargadora foi com base no pedido de dissídio coletivo ajuizado pelo procurador Regional do Trabalho, João Batista Machado Júnior. A greve dos motoristas e cobradores de ônibus já dura mais de 50 dias. Categoria reivindica aumento salarial.

Weldon Bandeira, da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), especifica que apesar das dificuldades de negociação foi possível estabelecer parâmetros para o retorno da circulação dos ônibus.

“Foi acatada a decisão do TRT pelo bem da parcela da população que necessita desse serviço público para os deslocamentos que devem ser os estritamente necessários, pois ainda estamos vivendo uma pandemia”, disse.

A Strans vai fiscalizar o cumprimento da frota estipulada pelo TRT e será responsável pela sanitização das estações de embarque e desembarque de passageiros, paradas de ônibus e durante o trajeto dos veículos. Ao Setut cabe a sanitização dos ônibus ao final de cada turno.

Funcionamento do serviço

O retorno do serviço de transporte público de Teresina será com terminais de integração fechados, nesta primeira fase, mas a integração poderá ser feita em um prazo de duas horas em qualquer ponto das linhas com o Centro e nas avenidas Frei Serafim e João XXIII. Enquanto a frota de ônibus estiver reduzida, permanecem funcionando os veículos cadastrados.

Continuam suspensos a gratuidade dos idosos e o passe estudantil, segundo os decretos nº 19.541 de 23 de março e nº 19.635 de 4 de abril, respectivamente.

Com informações da Strans

 

Deixe uma resposta