Piauí tem 27,5 mil casos de Covid, mais de 10 mil só em Teresina

O coronavírus já chegou a 213 municípios piauienses. Destes, 94 contam com óbitos, segundo a Sesapi.

O Piauí registrou hoje (6) 1.006 casos de novo coronavírus e 25 mortes. O total é de 27.514 infectados e 834 vidas perdidas para a Covid-19. De acordo com o boletim da Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi), são mais de 10 mil infectados só em Teresina.

De ontem para hoje, 14 pessoas não resistiram ao coronavírus em Teresina. As outras mortes ocorreram em Assunção do Piauí, Campo Maior, Floriano, São João da Serra, Altos, Bom Jesus, Parnaíba, Pedro II, Picos, Ribeiro Gonçalves e União.

Os municípios com mais óbitos por Covid-19 são Teresina (473), Parnaíba (71), Campo Maior (17), Barras (17) e Picos (15). Os dados são do governo estadual.

As cidades mais atingidas pela doença são as mesmas. Teresina acumula 10.186 infectados pelo vírus. Parnaíba repete a segunda posição com 3.557 pacientes.

Campo Maior (927), Picos (823) e Barras (719), além de Luzilândia (707), fecham a lista da Sesapi, que vem acusando um avanço do vírus no interior do estado. Ao todo, são 213 municípios afetados.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 910 ocupados, sendo 563 leitos clínicos, 329 UTIs e 18 leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 1.235 registros. Até o momento, são 25.770 pacientes curados.

Números do Brasil

O Brasil chegou a 65.487 mortes em decorrência da covid-19. Foram registradas mais 620 mortes nas últimas 24 horas, conforme atualização do Ministério da Saúde divulgada nesta segunda-feira (6). Ontem (5), o balanço informava a ocorrência de 64.867 mortes em função da pandemia. 

Pelas estatísticas do Ministério da Saúde, foram identificados mais 20.229 casos da doença. Com isso, o número total de pessoas infectadas chegou a 1.623.284. Ontem, o painel do Ministério da Saúde mostrava 1.603.555 casos confirmados.

Do total de infectados até o momento, 927.292 já se recuperaram e 630.505 mil pacientes ainda estão em acompanhamento.

Da Redação e Agência Brasil

 

Deixe uma resposta