Piauí chega a 26,5 mil casos de Covid, com 809 mortes

Com este quadro, o estado se prepara para retomar as atividades econômicas na segunda-feira (6).

O Piauí atingiu neste domingo (5) a marca de 26.511 casos de novo coronavírus, com 809 mortes, de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi). Foram 432 infectados e 25 óbitos nas últimas 24 horas. Com este quadro, o estado se prepara para retomar as atividades econômicas na segunda-feira (6).

Segundo o novo balanço, Teresina registrou 12 vidas perdidas para a Covid-19 de ontem para hoje. Os outros óbitos ocorreram em Parnaíba (3), Avelino Lopes, Barras, Bom Jesus, Campo Maior, Picos, São João da Varjota, São José do Divino, São Pedro do Piauí, Sussuapara e Joaquim Pires.

Até agora, 92 municípios têm mortes por coronavírus: 58,47% das vítimas são homens e 41,53%, mulheres. Teresina lidera com 459 ocorrências, de acordo com os números da Sesapi. Parnaíba vem em seguida, com 70 perdas. Barras, em terceiro, tem 17.

Teresina é também a cidade com maior quantidade de infectados pelo vírus: 9.881 contaminados. Na sequência, estão Parnaíba (3.456), Campo Maior (891) e Picos (799).

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 909 ocupados, sendo 557 leitos clínicos, 330 UTIs e 22 leitos de estabilização. São mais de 1.211 altas médicas e 24.793 pacientes recuperados.

Números do Brasil

Boletim divulgado hoje (5) pelo Ministério da Saúde, registra que até o momento o Brasil tem 1.603.055 casos da covid-19. Desses, 64.867 casos resultaram em óbito, sendo 602 registrados nas últimas 24 horas. O número de pessoas recuperadas soma 906.286, o equivalente a 56,5% dos infectados.

São Paulo continua com o maior número de casos, 320.179; seguido pelo Ceará com 121.464, e pelo Rio de Janeiro, com 121.292. Em número de mortes, no entanto, o Rio de Janeiro, com 10.667, ultrapassa o Ceará, que teve 6.441 óbitos até o momento. Também nesse quesito, São Paulo registra o maior número, com 16.078 mortes.

Da Redação e Agência Brasil

 

Deixe uma resposta