Supermercados fecham sábado e domingo, diz governador

Wellington Dias anunciou medidas para melhorar a taxa de distanciamento social, como parte do combate ao novo coronavírus.
Governador Wellington Dias (Foto: Reprodução)

O governador Wellington Dias anunciou hoje (30) que os supermercados não abrirão sábado (4) e domingo (5), como parte das medidas restritivas que serão adotadas a partir de quinta-feira (2) no Piauí. O objetivo é melhorar os índices de isolamento social.

Na semana passada, as medidas mais rígidas foram aplicadas a partir de sexta-feira. Agora, elas terão início na quinta-feira e vão durar quatro dias.

O governador acredita que esse período de quarentena reforçada vai quebrar a cadeia de transmissão do novo coronavírus. Isso evitará que muita gente seja contaminada, segundo ele.

O que funciona quinta e sexta-feira

Conforme o decreto estadual, somente os serviços considerados essenciais, como supermercados, farmácias, drogarias, padarias, serviços de saúde, delivery e postos de combustível poderão funcionar na quinta e sexta-feira. Os órgãos públicos terão ponto facultativo.

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, também decretou ponto facultativo no serviço municipal. O funcionamento será normal para os serviços essenciais, como limpeza pública, segurança e saúde.

O que funciona sábado e domingo

No sábado e domingo, de acordo com o Governo do Estado, funcionarão apenas farmácias e drogarias, delivery exclusivamente para alimentação; borracharias, postos de combustíveis e pontos de alimentação localizados em rodovias; atividades agrícolas e agroindustriais.

Supermercados

Tanto o decreto do governador Wellington Dias quanto o da Prefeitura proíbe o funcionamento de supermercados e postos de combustíveis no sábado e domingo, em Teresina.

A decisão foi anunciada com antecipação para evitar corrida a estes estabelecimentos, o que ocorreu na sexta-feira da semana passada.

Retomada

O esforço, em conjunto com os municípios, antecede a retomada de parte dos negócios na capital piauiense, prevista para o dia 6 de julho. Inicialmente, deve ser liberado o setor da construção civil, cumprindo os protocolos estabelecidos no Pacto Para Retomada Organizada (Pro Piauí), seguindo um cronograma de quatro etapas.

Wellington Dias ressaltou o rigor na fiscalização para garantir o cumprimento das medidas. O prefeito Firmino Filho afirmou que esse “isolamento mais rígido se faz necessário para que possamos avançar na retomada das nossas atividades de forma segura para toda a sociedade”.

O governador se baseou nos números atingidos no último final de semana para ressaltar a importância da medida. No sábado (27), o índice de isolamento no Piauí foi de 44,8%, quase seis pontos percentuais a mais do que registrado no sábado anterior, dia 20. Já no domingo (28), o índice subiu para 50,5%, contra 48,6% do domingo dia 21. Teresina também melhorou o índice, ficando em segundo lugar no Brasil, entre as capitais, com 50,2% no sábado e em terceiro, com 56,20% no domingo.

 

Deixe uma resposta