MP-PI recorre à Justiça contra reabertura do comércio e igrejas em Picos

Mais na coluna: Teresina fará empréstimo de R$ 100 milhões; suspensa procissão de São Pedro; e a volta do futebol.

O Ministério Público do Piauí (MP-PI) pediu à Justiça a anulação dos decretos municipais que autorizaram o funcionamento do comércio e atividades religiosas em Picos.

Segundo o MP-PI, a decisão do prefeito da cidade vai de encontro às medidas do governador Wellington Dias e orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), de isolamento social para combater o novo coronavírus.

Decretos do prefeito Walmir Lima autorizam a reabertura, em diferentes datas, de lojas de confecções, shopping center, bares, restaurantes, salões de beleza, entre outros estabelecimentos.

O município de Picos conta com seis óbitos por Covid-19 e 320 casos confirmados. Trata-se de uma das cidades piauienses mais afetadas pelo vírus.

Procissão fluvial de São Pedro é cancelada

A Arquidiocese de Teresina cancelou a realização da procissão fluvial de São Pedro, que acontece todo ano no dia 29 de junho, em homenagem ao santo.

Organizada pela igreja e pelos pescadores, a procissão é tradicional, e sai do cais do Rio Parnaíba, no Centro de Teresina, ao Rio Poti, no bairro do mesmo nome, na zona Norte.

Toda a programação do festejos juninos foi suspensa por causa da pandemia do novo coronavírus.

PMT fará empréstimo de R$ 100 milhões para obras

A Câmara Municipal autorizou a Prefeitura de Teresina a contrair empréstimo de R$ 100 milhões junto à Caixa Econômica Federal, em sessão virtual realizada hoje (17).

O dinheiro será empregado nas obras do elevado que liga as avenidas Barão de Gurguéia e Henry Wall de Carvalho, na zona Sul, e da Avenida Ulisses Guimarães, e em serviços na área de saneamento básico.

Futebol na pandemia

Paralisado há três meses, o Campeonato Paulista está perto de ser retomado. Os times voltam a treinar a partir do dia 1º de julho, seguindo normas de segurança para evitar a propagação do novo coronavírus (covid-19).

Novo ministro toma posse

O deputado federal Fábio Faria, genro do empresário Sílvio Santos, assumiu como ministro das Comunicações.

O ministério foi recriado para agradar ao centrão, grupo político aliado do presidente Jair Bolsonaro. E, de quebra, faz mimo ao dono do SBT.

Ao assumir a Presidência, em janeiro de 2019, Bolsonaro fechou pastas importantes em nome da redução de gastos do governo federal. Agora muda a sua estratégia.

Ministro da Educação no caso das Fake News

O Supremo Tribunal Federal manteve o ministro da Educação, Abraham Weintraub, do inquérito das fake News, por 9 votos contra 1.

Weintraub está em situação delicada no MEC, por causa das suas falas atabalhoadas. Tem muita gente no governo pedindo a cabeça dele.

 

Deixe uma resposta