Teresina inicia última etapa da vacinação contra gripe

A imunização se estenderá até o dia 30 de junho. As doses estão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

A partir dessa segunda-feira (08), a Prefeitura de Teresina dá início à terceira e última etapa da Campanha de Vacinação contra Gripe, que pretende imunizar adultos com idade entre 55 anos a 59 anos e professores de escolas públicas e privadas. Também receberão a vacina gestantes, puérperas, crianças de 6 meses a 6 anos incompletos, idosos, profissionais de saúde e doentes crônicos.

A Campanha de Vacinação irá se estender até o dia 30 de junho e as doses estão disponíveis em Unidades Básicas de Saúde (UBS). “Diante da baixa cobertura vacinal registrada em alguns grupos, como gestantes, puérperas e crianças, adotamos a estratégia de ampliar o público-alvo nessa última fase da campanha”, explica a diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba.

Para ter acesso à vacina da gripe, o público-alvo descrito deve se dirigir a estes locais portando documento pessoal, sendo que os professores também precisam de contracheque; já as gestantes e puérperas, da certidão de nascimento ou cartão da gestante e as pessoas com doenças crônicas devem apresentar um laudo médico recente ou de 2019 que comprove a sua situação clínica.

A meta é vacinar 90% de cada grupo prioritário, mas até o dia 8 de junho, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) havia registrado baixo índice de vacinação de alguns públicos: foram vacinadas 21.647 crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (32,06% da meta vacinal); 2.906 gestantes (28,76%) e 372 mulheres no período pós-parto até 45 dias (22,40%).

O diretor de Atenção Básica da FMS, Kledson Batista, alerta que as pessoas devem utilizar máscaras e manter o distanciamento social dentro das UBS. “Caso a pessoa chegue em um ponto de vacinação e perceba que irá se formar alguma aglomeração, pedimos que retorno em outro momento, pelo bem e segurança de todos.

A vacina não protege a pessoa contra o novo Coronavírus e sim contra a Influenza, doença respiratória infecciosa cuja origem é viral. A transmissão direta de pessoa a pessoa é a mais comum e ocorre por meio de gotículas expelidas pelo individuo infectado com o vírus, ao falar, espirrar ou tossir. Há evidência de transmissão também por meio de contato com a secreção de doentes.

Semcom

 

Deixe uma resposta