Teresina vai ter rodízio de veículos a partir de terça, 2 de junho

A medida é para forçar um aumento no nível de isolamento social da capital, que caiu muito nas últimas semanas.
Avenida Frei Serafim fará parte da área com rodízio de veículos (Foto: Edcícero)

A cidade de Teresina terá rodízio de veículos a partir da próxima terça-feira (2). A medida vai vigorar apenas no Centro da capital, como forma de restringir o movimento de veículos e melhorar o nível de isolamento social, importante no combate ao novo coronavírus.

Com base no decreto que será assinado segunda-feira pelo prefeito Firmino Filho, os veículos com placas terminadas em número par poderão circular na região nas segundas, quartas e sextas. Nas terças, quintas e sábados, somente aqueles com terminação ímpar.

O rodízio de carros será feito na área delimitada pelas avenidas Miguel Rosa, Joaquim Ribeiro e Maranhão, que é o setor mais comercial da cidade, além de registrar um aumento considerável na movimentação de veículos no trecho.

Até quinta-feira (4), a fiscalização terá caráter apenas educativo. Depois deste prazo, os infratores serão punidos. A multa neste caso é de R$ 195, com base no Código de Trânsito Brasileiro.

O monitoramento será feito pelos agentes da Strans (Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito) e por câmaras de segurança instaladas na cidade.

O superintendente da Strans, Weldon Alves, disse que os detalhes sobre os veículos que terão permissão para circular livremente na área central estarão no decreto, que será publicado na próxima segunda-feira (1º).

Isolamento social

O prefeito de Teresina tem tomado uma série de decisões para melhorar o índice de isolamento social. O grande fluxo de veículos nas ruas da cidade é um exemplo de que as pessoas estão saindo de casa com mais frequência.

“Nossos dados mostram que houve uma queda de 42% de fluxo de veículos no início da quarentena. No entanto, na primeira quinzena de maio já se observou um aumento de 17% comparado ao mesmo período de abril”, afirmou o prefeito Firmino Filho.

O prefeito voltou a afirmar que o descumprimento das regras de isolamento social está provocando um aumento no número de casos de coronavírus na capital. Até agora, são 83 mortes de 2.157 pessoas infectadas pelo vírus.

Testagem de taxistas

A Prefeitura de Teresina vai aplicar testes para detectar a Covid-19 em pelo menos dois mil motoristas de táxis cadastrados na Strans. O objetivo é  monitorar o comportamento do novo coronavírus na capital, além de garantir mais segurança aos taxistas e usuários do serviço. A testagem começa na próxima segunda-feira.

“Já temos o decreto determinando que o setor privado faça a testagem em todos os seus colaboradores e vamos fazer o possível para testar também os profissionais autônomos e informais”, disse Firmino Filho.

Com informações da Semcom

 

Deixe uma resposta