Isolamento social em Teresina fica entre 47,2% e 55%

O índice de isolamento social de Teresina ficou entre 47,2% e 55% no sábado (23), segundo dados levantados pela startup recifense InLoco e pelas operadoras de telefonia celular que operam na cidade. Os percentuais, que vêm caindo nas últimas semanas, estão bem abaixo dos 73%, mínimo necessário para evitar uma maior disseminação do coronavírus, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O monitoramento realizado pela InLoco também mostra dados por regiões da cidade, segundo o qual a zona leste de Teresina foi a que apresentou o maior índice de isolamento social, 48,01%; seguida da zona centro-norte, que apresentou um percentual de 46,83%. Logo depois vem a zona sudeste da cidade, com 46,50%; seguida da zona sul, com 46,02%.

Se observarmos por bairros, os locais da cidade em que a população mais respeitou as determinações para ficar em casa foram Matinha (52,40%), Joquei (54,25%), Centro (54,90%), Ininga (54,25%) e Parque Jacinta Andrade (52,40%). Os bairros onde a população menos respeitou o isolamento social foram Angelim (45,40%), Santa Cruz (45,40%), Santa Maria (45,47%), Água Mineral (45,75%) e Alegre (45,75%).

A Prefeitura de Teresina tem trabalhado com duas bases de dados, gerados por georeferenciamento, uma delas é disponibilizada pela sturtup recifense InLoco e a outra por meio de dados colhidos pelas operadoras de telefonia celular. Elas geram informações do tráfego da população que vive em Teresina, a partir dos smartphones destas pessoas. A identidade de cada usuário é preservada, sendo gerados apenas os dados de deslocamento dos aparelhos.

Semcom

***

Deixe uma resposta